OTAN: Exercícios militares em grande escala com países membros começaram no Mar Negro e no Rio Danúbio

Publicado por: MikeN
12/09/2023 06:53 PM
Exibições: 147
Divulgação/Redes Sociais/Captura de Tela
Divulgação/Redes Sociais/Captura de Tela

É por isso que a Roménia, cujas forças se tornaram o núcleo do treino, é representada pelo caça-minas Slt. Alexandru Axente (DM-30), barcos de mergulho e outros, além do navio fluvial (monitor) F-179 Posada. Do lado norte-americano, participam nos exercícios aviões anti-submarinos P-8 Poseidon, bem como barcos e mergulhadores. Outros países enviaram especialistas e oficiais de estado-maior.

 

As manobras durarão até 15 de setembro. Ainda não está claro como o Kremlin irá reagir a isto – se irá parar de atacar a infra-estrutura portuária da Ucrânia no Danúbio durante os exercícios, ou se irá aumentar o grau de tensão. O último ataque à região de Odesa ocorreu em 8 de setembro.

 

Vamos lembrar que o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Oleg Nikolenko,  disse que durante o ataque russo à Ucrânia na noite de 4 de setembro, drones kamikaze Shahed caíram e detonaram no território da Romênia .

 

A primeira reação pública do Ministério da Defesa da Roménia foi  negar o facto de drones russos terem caído no território do país , mas logo o oficial de Bucareste admitiu que os restos do drone caíram em solo romeno.

 

Posteriormente, o Presidente da Roménia, Klaus Iohannis, afirmou que uma “ investigação urgente e profissional ” deveria ser conduzida em relação à descoberta dos destroços de um drone possivelmente russo em território romeno .

 

Depois disso, os militares romenos  encontraram no território do país os destroços de outro drone , semelhantes aos utilizados pela Rússia para atacar a Ucrânia. Em conexão com o incidente, o Presidente Klaus Iohannis conversou por telefone com o Secretário-Geral da OTAN, Jens Stoltenberg.

 

É importante notar que na véspera desta conversa, o próprio Stoltenberg, comentando a queda dos destroços de um drone russo no território da Roménia, disse que  a Aliança não vê sinais de um “ataque deliberado”  .

Com informações da Agênia PRM (UA)

Vídeos da notícia

Imagens da notícia

Tags: